EGEO / Notícias / Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho

Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho

30/04/2019

O Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho visa homenagear a escritora e ativista política com o mesmo nome, assim como premiar obras inéditas de autores de língua portuguesa, incentivando, dessa forma, a produção literária.

O júri da edição deste ano, composto por José Manuel Vasconcelos, representante da Associação Portuguesa de Escritores, Ana Margarida Carvalho e Luís Martins (pseudónimo Miguel Real), selecionaram a obra Estilhaços, de Carlos Alberto Bernardo Machado (apresentado sob o pseudónimo de Maria Emília), como vencedora na modalidade de prosa de ficção.

Como tem sido habitual, o Prémio, no valor de três mil euros, foi patrocinado pela EGEO, tendo sido entregue pelo Rui Pinheiro, no dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures.

Rui Pinheiro não deixou de destacar a importância do Prémio para o Concelho de Loures, para a literatura portuguesa e para a cultura, assim como o facto da EGEO ter “uma visão de ligação e entrosamento com a comunidade, que vai para além dos meros requisitos da chamada responsabilidade social”.